Três pessoas são presas acusadas de apologia ao ataque a creche de SC

Os mandados de buscas e apreensão foram cumpridos em diversos endereços na capital paulista e em Guarulhos e Jandira, na Grande São Paulo, em ação conduzida pela Divisão de Proteção à Pessoa do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Dos cinco alvos da ação, três foram detidos. Os três suspeitos foram levados para averiguação da Polícia Civil de São Paulo. Aparelhos eletrônicos como computadores, celulares e notebooks foram apreendidos para dar seguimento às investigações.

A operação foi desencadeada a partir de uma investigação do FBI (Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos), que repassou o caso para as autoridades no Brasil.

A investigação começou com o rastreio de postagens nas redes sociais enaltecendo o ataque.

Segundo o delegado Fábio Pinheiro, diretor do DHPP, também foram localizadas conversas e publicações suspeitas nas redes sociais dos envolvidos. Em uma das mensagens, inclusive, um deles diz ainda não ter realizado um ataque por conta da pandemia. O delegado também relata que os três têm um perfil introvertido.

Ainda de acordo com o delegado, foi feito o pedido de prisão temporária dos trio por associação criminosa.

ND+


Categoria:NOTICIAS DA REGIÃO